transito-durante-a-quarentena transito-durante-a-quarentena

Trânsito durante a quarentena: qual o impacto do isolamento social nas ruas?

Campanha: Maio Amarelo

Trânsito durante a quarentena: qual o impacto do isolamento social nas ruas?

Congestionamento e acidentes de trânsito são problemas que algumas das grandes cidades brasileiras possuem hoje em dia. Existem diversas tecnologias voltadas à mobilidade, atuando tanto no gerenciamento das frotas de carros quanto na indicação de rotas para ajudar usuários a se locomoverem melhor nas cidades. Além disso, as soluções tecnológicas para o trânsito também visam melhorar o fluxo de carros nas ruas, combater o alto índice de poluição nas cidades e diminuir o número de acidentes.

Durante a quarentena, estabelecida para combater a disseminação do novo coronavírus, o trânsito vem sendo um dos reflexos do comprometimento com o isolamento social por parte da população — sendo que apenas profissionais de serviços essenciais, como saúde, alimentação e segurança, estão isentos do isolamento.

transito-durante-a-quarentena

No início das medidas de quarentena, em março deste ano, foi possível notar queda de 31% nas mortes causadas por acidentes de trânsito na cidade de São Paulo, devido à diminuição de veículos circulando nas ruas. Porém, os índices de trânsito e congestionamento voltaram a crescer no mês de abril.

Em parceria com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o aplicativo Waze analisou dados de trânsito e congestionamento de aproximadamente 860 km das principais vias de São Paulo. Durante o feriado de Páscoa, por exemplo, a cidade bateu recorde de congestionamento durante a quarentena: 37 km.

Em São Luiz, primeira capital a aderir ao lockdown (medidas mais rígidas para reduzir a propagação do coronavírus, limitando a circulação de pessoas e realizando vigilância constante da população). No entanto, trânsito intenso e aglomerações ainda podem ser notadas por toda a cidade. Isto porque a adesão ao lockdown foi de apenas 53% nos primeiros dias de implementação.

Como medida para impedir a circulação de veículos durante o período de isolamento, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou no dia 7 de maio um modelo mais restritivo para o rodízio de veículos na cidade. Agora a restrição da circulação dos carros em São Paulo vale durante todo o dia, por toda a cidade e em todos os dias da semana.

Seguindo o exemplo, o secretário de Planejamento e Gestão de Pernambuco, Jorge Vieira, anunciou medida de rodízio semelhante a ser aplicada em cinco cidades: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. O secretário também confirmou que a fiscalização será feita por meio de blitz, mas não serão aplicadas multas de trânsito. Os motoristas que desobedecerem serão aconselhados a voltar para casa, e quem insistir terá o veículo apreendido.

Vale lembrar que, durante todo o mês de maio, o Ministério da Infraestrutura promove a campanha Maio Amarelo, que, em 2020, está sendo realizada tendo como foco a orientação para profissionais que precisam estar diariamente nas ruas para garantir a saúde e segurança da população e o abastecimento do país durante o enfrentamento ao coronavírus.

Mesmo com as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e dos órgãos de saúde locais, os dados apontam que o isolamento social não está sendo cumprido em sua totalidade. É nosso dever como sociedade buscar um trânsito seguro, positivo e consciente para todos, além de ajudar no combate à COVID-19. Permaneça em casa, seguindo as recomendações e garantindo a segurança e saúde de todos.

Fonte: Dialogando - Trânsito durante a quarentena: qual o impacto do isolamento social nas ruas? (2020)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres
Trânsito durante a quarentena: qual o impacto do isolamento social nas ruas? 2020-05-28 19:56:14
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)