nao-acredite-em-tudo-o-que-voce-le nao-acredite-em-tudo-o-que-voce-le

Não acredite em tudo o que você lê

Não acredite em tudo o que você lê

A internet é um depósito infinito de conhecimento. Todos os dias mais e mais informações são despejadas na rede, e todo esse conhecimento está a apenas poucos cliques de distância. Nós vivemos em uma era incrível, em que por meio de nossos smartphones e computadores temos acesso a praticamente todo o conhecimento já produzido pela humanidade.

Mas a web é também um lugar livre e aberto, e isso é o que faz dela uma ferramenta tão democrática. Qualquer um pode dividir seus pensamentos e opiniões com o mundo, seja por meio de rede sociais, blogs ou fóruns de discussão, para ficar apenas nos exemplos mais evidentes.

Só que esse caráter libertário também pode gerar um efeito colateral: os boatos e as notícias falsas, que muitas vezes se acumulam nas redes sociais e em grupos do WhatsApp. As razões para se difundir um boato são diversas e podem esconder interesses ideológicos, comerciais ou até mesmo criminosos (saiba mais clicando aqui).

Estamos todos suscetíveis a clicar em conteúdos desse tipo. A chave para evitar cair no conto do vigário é melhorar o hábito de pesquisa na internet. Muitas dessas notícias não se sustentam após uma simples busca na rede. Compare fontes e suspeite de títulos alarmistas ou bombásticos, e também oriente as crianças e adolescentes neste sentido.

Procure sempre buscar informações em fontes que se provam confiáveis. Quando for fazer uma pesquisa na Wikipedia, leve em conta que trata-se de um site de conteúdo colaborativo ou seja, alimentado pelos próprios usuários e que algumas vezes podem existir imprecisões. Busque sempre mais de uma fonte para garantir a veracidade daquilo que você lê. E, quando encontrar um conteúdo falso, não compartilhe nas redes sociais, nem que seja para criticar isso ajuda a evitar que o boato se espalhe ainda mais.

Para saber como melhorar o nível de pesquisas na internet, confira essa matéria.

Fonte: Dialogando - Não acredite em tudo o que você lê (2016)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres
Não acredite em tudo o que você lê 2020-01-15 12:36:16
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)