criança-youtube criança-youtube

Crianças no YouTube: segurança antes de tudo

Crianças no YouTube: segurança antes de tudo

Julia Silva tem 10 anos de idade e um canal no YouTube em que fala de brinquedos, livros, maquiagem e looks. Ela também registra suas viagens para lugares como a Disney e o parque da Universal Studios.

O canal de Julia conta atualmente com quase 850 mil inscritos e vários de seus vídeos ultrapassam incríveis 6,5 milhões de visualizações.

Em resumo, Julia é uma das crianças no Youtube, mas ela não é a única criança assim. Os youtubers mirins, como são chamadas as crianças no Youtube que usam o site para fazer vídeos em que falam do seus universos, vêm se proliferando.

Assim como acontece com seus pares mais velhos, como os mega populares Christian Figueiredo e Kéfera Buchmann, o sucesso dos pequenos já começa a movimentar o mercado de marcas, e aos poucos eles vão aparecendo como garotos e garotas propaganda de produtos ou participando em eventos promovidos por loja de brinquedos.

Até aí, podemos entender esse movimento como uma conseqüência de um mundo conectado, em que desde muito cedo as crianças têm contato com a tecnologia. Para elas, a internet e seus recursos são meios naturais de expressão o que inclui não apenas o YouTube, mas também redes sociais como o Facebook, o Instagram e o Twitter.

Os youtubers mirins famosos dão uma amostra da participação infantil no ambiente online, mas eles não são os únicos. Com um computador e uma conexão de internet à mão, nada impede uma criança de fazer e publicar seu próprio vídeo, sozinha. E aí surge uma questão relacionada à segurança na internet: como se prevenir para que tanto a criança como a família não estejam sujeitas aos perigos decorrentes do excesso de exposição?

Para isso é legal ter alguns cuidados. Veja algumas dicas:

Pensar bem no conteúdo

Crianças e adolescentes nem sempre conseguem distinguir o certo do errado. Vale a pena conversar e educar sobre assuntos como racismo, homofobia e machismo, por exemplo.

Crianças sendo crianças

O interessante é que o conteúdo feito por crianças gire em torno do universo adequado à faixa etária de quem faz o vídeo.

Expectativa e realidade das crianças no youtube

É claro que nem todos os youtubers mirins estão destinados à fama. É preciso que crianças e também os pais entendam esse vídeos como um meio de expressão, e não uma oportunidade comercial.

Segurança antes de tudo

Para proteger a criança (e também a família) é fundamental evitar locações que identifiquem ou mesmo dê pistas do endereço ou de outros dados pessoais (por exemplo: não gravar vídeos com o uniforme escolar). Da mesma forma, oriente as crianças para que não revele esses dados.

Faça um storyboard

Fazer um storyboard – ou seja, fazer uma sequência de desenhos que mostram o conteúdo do vídeo ajuda a organizar as ideias e a passar a mensagem desejada de forma clara.

O envolvimento dos pais e responsáveis ajuda a controlar a segurança e cria a aproximação dos filhos, então esteja sempre presente monitorando-os.

Fonte: Dialogando - Crianças no YouTube: segurança antes de tudo (2016)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres

Comentário(s)

  • maria

    07/08/2018 18:31

    Parabéns pelo site gostei muito. ;)

    • Dialogando

      07/08/2018 20:39

      Obrigado, Maria! Confira mais matérias no nosso portal!

  • Livia

    28/07/2018 03:32

    Eu quero um canal na YouTube

  • Joao RAFAel

    26/07/2018 14:43

    Apenas ver filmes séries novelas jornaid

  • P.GIK

    13/06/2018 19:38

    Tem que aprender a escrever primeiro. Depois tem que sirene a cuidar de si e não se meter em confusão. Depois tem que aprender que existem pessoas perigosas no mundo que vão achar que você pertence a eles só porque deixou uns vídeos na internet. Aprenda que quando você deixa seu vídeo na internet, qualquer um vê, inclusive bandidos, pedófilos, gente malvada, invejosos, vizinhos etc... Bom saber também que, depois que você posta algumas coisas, aquilo fica pra sempre lá na internet. (Nunca mais vai sair !!!). Se você falou uma besteira, a besteira vão ficar lá pra sempre e depois de 5 ou 10 anos ainda vai ter gente te zoando por causa daquilo ! Logo, internet é coisa séria ! Não é brinquedo de criança !!!

  • Airthon

    12/06/2018 03:33

    Eu quero se tornar um YouTube mais nao tenho condições quero ajuda para conseguir um patrocinador para me ajudar

  • keiloany

    07/06/2018 16:51

    tenho 9 anos e ñ tenho canal mais quero ter meachuda

  • Rosana

    02/06/2018 14:42

    Legal gostei

    • Dialogando

      11/06/2018 18:26

      :)

  • mIGUEL ANGELUS MAIA DE FREITAS

    02/06/2018 10:29

    ADOREI A MATÉRIA GOSTARIA DE SABER O NOME DO CANAL DA ANA JÚLIA

    • Dialogando

      11/06/2018 18:25

      Oi, Miguel! Veja o link do canal: https://www.youtube.com/user/paulaloma29.

  • Eliani

    01/06/2018 15:24

    Minha filha gosta de ver desenhos pelo YouTube e gosta também de ver Youtubers mirins, controle dos pais tanto para assistir e tanto para quem quer ser um Youtuber é fundamental, amei a matéria

    • Dialogando

      11/06/2018 18:24

      Que legal! Obrigado pelo seu comentário, Eliani! Confira mais matérias em nosso portal!

  • MARIANNA ISABEL

    25/05/2018 15:58

    Eu quero ter muitos escritos e bastante like

  • Iasmin

    13/05/2018 19:47

    Amo isso

  • Iasmin

    13/05/2018 19:47

    Amo quero participar

  • ryan alex

    04/05/2018 19:48

    eu quero ser youtuber praser quinem o altetiqui gueimer famoso

  • Bárbara

    04/05/2018 14:17

    Oi Lucas sou sua fã te amo

Crianças no YouTube: segurança antes de tudo 2020-01-17 20:38:53
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)