black-mirror-e-os-paradigmas-da-vida-moderna black-mirror-e-os-paradigmas-da-vida-moderna

Como manter a segurança no ambiente online

Como manter a segurança no ambiente online

Entre as possibilidades da Internet, as redes sociais e os games online mostram que a rede pode funcionar como um ambiente à parte. Além de divertir e entreter, possibilitam formas de interação social, oferecendo atalhos para relações a distância, formação de grupos com os mesmos interesses e muito mais. Mas com uma nova cultura, precisamos de códigos, linguagens e regras que tornem essa convivência pacífica, respeitosa e saudável. Mas como devemos manter a segurança nesse ambiente?

A internet é uma ferramenta e, como tal, pode ser bem ou mal utilizada. Por isso, fazer boas escolhas neste ambiente é algo fundamental para garantir a segurança online. Isso significa prevenir quebras de privacidade criando senhas seguras, evitar o uso excessivo, não fazer contatos impróprios, checar veracidade de informações e assim por diante.

Idade mínima

Um conselho clássico que se passa de geração para geração é que, na vida, há hora para tudo. E na Internet não é diferente. Por conta de suas particularidades, sites e redes sociais estabelecem uma idade mínima para se ter uma conta. Apesar de ser algo facilmente burlável, é interessante que os pais estejam cientes dessas regras. As idades mínimas em algumas redes são as seguintes:

13 anos – Facebook, Instagram, Snapchat, Youtube e Twitter

16 anos – WhatsApp

18 anos – Youtube

Como se comportar

As crianças tomam os pais como exemplos. Então, é importante que os adultos também saibam como se portar nas redes. É legal ter atenção em relação às próprias configurações de privacidade e tomar cuidado com o tipo de conteúdo que se posta nas redes sociais. Compartilhar materiais com teor racista, xenófobo, machista ou mesmo de fontes não seguras podem influenciar os filhos de forma negativa. Também evite tratar seus filhos de forma infantilizada nas redes ou de maneira que os deixem constrangidos publicamente.

E claro, é sempre bom lembrar que o diálogo é a melhor saída. Converse com as crianças e adolescentes de forma aberta sobre temas relativos à privacidade e segurança na web.

Algumas dicas gerais de segurança na Internet:

  • Mostre aos seus filhos que a internet é um local público, em que tudo que é divulgado pode ser lido ou acessado por qualquer pessoa, tanto agora como futuramente;
  • Estimule a reflexão antes de divulgar algo. Uma frase ou imagem fora de contexto pode ser mal interpretada e causar prejuízos. Após uma informação ou imagem se propagarem, dificilmente poderá ser totalmente excluída;
  • Busque informações sobre as opções de privacidade oferecidas pelos sites e procure ser o mais restritivo possível. Algumas opções costumam vir, por padrão, configuradas como públicas e podem ser alteradas;
  • Mantenha seu perfil e dados no modo privado, permitindo o acesso somente a pessoas ou grupos específicos;
  • Não acredite em tudo que lê. Nunca repasse mensagens que possam gerar pânico ou afetar outras pessoas, sem antes verificar a veracidade da informação;
  • Evite divulgar planos de viagens ou informar por quanto tempo ficará ausente da sua residência;
  • Seja cuidadoso ao usar e ao elaborar as suas senhas, que devem ser fortes, contendo letras, números e símbolos;
  • Use sempre a opção de logout para não deixar a sessão aberta.
Fonte: Dialogando - Como manter a segurança no ambiente online (2016)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres
Como manter a segurança no ambiente online 2020-01-16 18:11:45
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)