blued blued

Blued: a rede social que dá match entre o público LGBTQIA+

Blued: a rede social que dá match entre o público LGBTQIA+

O famoso match do mundo dos aplicativos de relacionamento ganhou um colorido diferente com o sucesso do Blued, plataforma que desde o ano passado oferece espaço seguro e inclusivo para o público LGBTQIA+.

Criado na China no ano 2000, conta com mais de 55 milhões de usuários em mais de 10 países. Por aqui, vem fazendo fãs de carteirinha pelas cinco regiões do Brasil. Só que, em nosso caso, o match estabelecido foi também entre as relações de acolhimento e as demandas por maior representatividade (que não são poucas!).

Entenda mais sobre o Blued e veja porque ele vem fazendo sucesso. 

Sobre o aplicativo Blued 

Nosso país amarga entre a nação que mais mata pessoas trans no mundo, segundo dossiê elaborado pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), divulgado em 29 de janeiro, Dia da Visibilidade Trans.

O Gerente de Marketing Global do Blued associa o sucesso dos resultados com um mal que ainda precisa ser vencido: o preconceito.

 “O Brasil tem grande potencial para o avanço da diversidade. Os resultados positivos que registramos em apenas sete meses são a prova de que a comunidade LGBTQIA+ busca espaços acolhedores, seguros e livres de LGBTfobia para exercer seus direitos e desejos“, analisa.

Funções

As funções do Blued permitem a publicação de posts, transmissões ao vivo e chamadas de vídeo. A proteção e integridade de seus usuários são garantidas por meio de recursos de segurança: com o auxílio de ferramentas de verificação de fotos e identidade, a plataforma consegue driblar perfis fake, com entrega de gente de verdade para se relacionar.

A rede social gay é gratuita para Android e IOS .

Curiosidade

O Blued foi pensado por um policial gay chamado Baoli Ma. Na época, ainda “dentro do armário”, Baoli já se dedicava ao desenvolvimento de fóruns virtuais chineses com ênfase nas comunidades LGBTQIA+. 

Mas foi depois de “largar a farda” e assumir-se homossexual que o ex-oficial se jogou de cabeça nas ações de conscientização ligadas à pauta. Um enorme desafio especialmente na China, seus país, de morais e costumes ainda bastante conservadores.

Fonte: Dialogando - Blued: a rede social que dá match entre o público LGBTQIA+ (2021)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres
Blued: a rede social que dá match entre o público LGBTQIA+ 2021-06-15 16:18:45
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)