ansiedade-na-terceira-idade-aplicativos-saude-mental ansiedade-na-terceira-idade-aplicativos-saude-mental

Ansiedade na terceira idade: quatro aplicativos para cuidar da saúde mental

Ansiedade na terceira idade: quatro aplicativos para cuidar da saúde mental

Crises de ansiedade e depressão são popularmente conhecidas como “o mal do século” e estão diretamente ligadas aos millennials – ou geração Y –, mas os sintomas podem estar presentes em pessoas de todas as idades, incluindo a faixa etária acima dos 60.

De acordo com a OMS, nos últimos 15 anos, houve um aumento expressivo na frequência de transtornos relacionados a sintomas de ansiedade e depressão em todo o mundo, com o Brasil na liderança do ranking.

Quais são os sintomas e as causas?

Existem diversos tipos de transtornos de ansiedade e depressão que devem ser diagnosticados com auxílio médico especializado, como psicólogos e psiquiatras. Mas alguns sintomas são comuns na maioria dos transtornos e podem ser observados facilmente. São eles:

  • Dificuldade em respirar
  • Náuseas
  • Dores de cabeça
  • Tontura
  • Fadiga
  • Irritabilidade
  • Diminuição do apetite
  • Problemas para dormir

Geralmente, na maioria dos transtornos de ansiedade, os sintomas são provocados por fatores externos, que são chamados de gatilhos. Stress, relacionamentos instáveis e problemas financeiros podem ser alguns desses gatilhos, por exemplo. No caso da terceira idade, algumas situações específicas podem causar as crises. São elas:

  • Problemas de saúde
  • Carência e isolamento
  • Perda da independência
  • Luto

Como prevenir a ansiedade e tratar?

O diagnóstico deve sempre ser realizado por médicos especializados, como psicólogos e psiquiatras. O Ministério da Saúde oferece, por meio do SUS, diversas medidas de tratamento. Saiba mais, clicando aqui.

Para o dia a dia, separamos quatro aplicativos que podem ajudar a monitorar os sintomas e criar um histórico que pode auxiliar o tratamento posteriormente:

Vitalk

Disponível gratuitamente em português para Android e iOS, o app oferece conversas virtuais por meio de uma inteligência artificial chamada Viki. Desenvolvido com ajuda de psicólogos, o aplicativo está apto a fornecer dicas e lidar com questões de ansiedade, estresse, desânimo e relacionamentos.

ansiedade-na-terceira-idade-aplicativos-saude-mental

Querida Ansiedade

Disponível gratuitamente para Android e iOS, o app foi desenvolvido com o objetivo de informar, esclarecer e proporcionar formas mais saudáveis de conviver com a ansiedade. Com exercícios práticos de meditação, vídeos e informações sobre os sintomas, o aplicativo pode auxiliar em momentos de crises.

ansiedade-na-terceira-idade-aplicativos-saude-mental

Conversa Comigo

Disponível gratuitamente para Android e iOS, o app oferece conversas com um sistema de inteligência artificial, programado e desenvolvido com ajuda de especialistas em saúde mental. O diferencial deste aplicativo é a possibilidade de escolher entre alguns temas predeterminados, entre eles autoestima, finanças, família e isolamento social.

Ombro Amigo

Disponível gratuitamente para Android e iOS, o app conecta você com pessoas reais de forma anônima, incentivando conversas, conselhos e desabafos entre membros do aplicativo que necessitem de ajuda sobre crises de ansiedade e depressão.

Independentemente dos aplicativos, a experiência médica é sempre mais recomendada para qualquer tipo de diagnóstico e tratamento, porém conversar e compartilhar os sentimentos, seja com amigos e familiares ou com pessoas anônimas, pode ajudar em momentos de crises de ansiedade.

Fonte: Dialogando - Ansiedade na terceira idade: quatro aplicativos para cuidar da saúde mental (2020)

Deixe uma resposta

O campo mensagem deve conter pelo menos 3 caracteres
Ansiedade na terceira idade: quatro aplicativos para cuidar da saúde mental 2020-09-25 14:34:04
Newsletter

Receba nossas notícias e fique por dentro de tudo ;)